Conteúdo

Gestão Estratégica de Pessoas na Era Digital foi tema do Fórum CEOs de junho

O Fórum CEOs promovido mensalmente pela GoNext – Governança & Sucessão abordou no mês de junho o tema Gestão Estratégica de Pessoas na Era Digital. Para tratar do assunto, recebemos os convidados Adeildo Nascimento da People & Culture, Director na MadeiraMadeira, o Diretor Executivo da TOTVS, Marcio Viana e Mariciane Pierin Gemin, Partner na S7 Consulting.

A exposição de Adeildo Nascimento abordou diversas nuances do assunto como o comportamento do líder; o mundo de mudanças que se apresenta para os profissionais; as dificuldades em aprender coisas novas em algumas faixa etárias; escalabilidade; tendências de governança; visual learners e economia do conhecimento; A era da colaboração; readequação salarial; a evolução dos profissionais ao longo dos anos, e o futuro transdisciplinar, também foram apontados.  

De acordo com Nascimento, é necessária uma mudança de pensamento e postura dos gestores nas contratações. “A área de Recursos Humanos que não se transformar em uma área de Pessoas e Cultura, ela está fadada a sofrer disrupção também. É preciso estar ligado às mudanças. Primeiro mudamos a mente para depois mudar o processo”.

O Diretor Executivo da TOTVS, Marcio Viana apresentou ideias sobre a Organização Tradicional e Exponencial; dados estruturados e não estruturados; capital intelectual; internet das coisas; liderança transformadora; mercado de trabalho; trabalhos que podem ficar obsoletos e novas profissões. 

Para Viana, a transformação digital está a nossa volta e precisamos estar atentos a esses pontos. “Tecnologia, inovação e comunicação desempenham um papel chave na transformação de estratégias, estruturas, processos e cultura de uma empresa, mercado ou até mesmo relações”, afirma.

Durante a palestra, o executivo ainda abordou conceitos que considera essenciais como: pessoas e lideranças, cultura organizacional, mensuração de dados, simplicidade, atitude e ação.

Concluindo o debate de ideias, Mariciane Gemin, Partner na S7 Consulting provocou os CEOs participantes a refletirem sobre suas atitudes em relação às mudanças e mercados. Segundo Gemin, um ponto muito relevante a ser discutido é como trazer esses conceitos, teorias e mudanças para dentro da realidade de cada CEO, pensar em como trazer todos os temas discutidos para dentro das empresas, para cada mindset.

“É um processo educativo e não é fácil de se fazer. Temos um caminho árduo pela frente e muita coisa à fazer. Principalmente quando falamos em indústrias e inúmeras outras áreas de negócios em que não é tão simples você mexer com a cultura. Não é fácil trazer o híbrido para essas estruturas que são mais processuais. Precisamos pensar em como trazer essa nova cultura e postura para a nossa realidade”, completou.

Para Gemin, apenas inteligência e experiência já não bastam mais. “A consciência é essencial para que tenhamos escolhas conscientes. É preciso se perguntar e refletir. Qual o meu negócio? Onde quero chegar? Precisamos criar esse tipo de consciência”, provocou.

Entre os pontos mencionados por ela, é importante perceber também, esse poder de atuação do CO em aspectos como COnsciência, COnhecimento, COmpartilhamento, COcriação, COnexão, COgestão e COlaboração.

Outros conteúdos como a necessidade de aprender, desaprender e reaprender; criar propósito; meritocracia; mentoria/hierarquia; Likebility; ambiência positiva; pensamento crítico/ação criativa; branding for people; projetos ágeis e ausência de medo foram explorados.

Sobre o Fórum CEOs

O Fórum CEOs foi desenvolvido com o objetivo de oferecer um espaço único para que os CEOs das empresas familiares possam compartilhar questões comuns às suas posições no comando das empresas.
É um espaço inédito para debater ideias e compartilhar experiências com outros CEOs e empresários.

Gostaria de participar do próximo encontro? Saiba mais: gonext.com.br/forum

A IMPORTÂNCIA DA GOVERNANÇA CORPORATIVA EM EMPRESAS FAMILIARES

Estabelecer a Governança Corporativa é de suma importância para um crescimento consistente e saudável  das empresas familiares no mercado de atuação. Este processo envolve organizar toda a estrutura da empresa familiar e estabelecer as diretrizes das ações e metas, tanto da companhia quanto dos sócios, para gerar resultados positivos. Portanto, a Governança Corporativa deve ser percebida pelas empresas familiares como um método essencial para o desenvolvimento da organização.

 

Uma pesquisa do IBGE e do Sebrae mostrou que 90% das empresas ainda são familiares e representam 65% do PIB em território nacional, evidenciando a importância da Governança Corporativa neste perfil de organização que domina o cenário econômico no Brasil.

 

Recomenda-se que a implantação da Governança Corporativa seja realizada e estabelecida desde o início da empresa, ainda no processo de planejamento do processo administrativo. Dessa maneira, é possível descrever — já no acordo societário — todas as regras, normas e responsabilidades dos sócios, prevenindo surpresas indesejadas e estabelecendo as obrigações de cada um para a boa governança.

Para isso, é estabelecido um método composto por quatro etapas: diagnóstico do modelo de governança corporativa existente, modelagem dos instrumentos e órgãos de governança conforme o diagnóstico, implementação e etapas de acompanhamento e avaliação.

 

Deste modo, o objetivo principal do processo de diagnóstico é avaliar o nível da governança e os desejos dos sócios para o futuro da organização. Tudo é feito de maneira personalizada, analisando o momento da empresa, com avaliação e identificação de processos já existentes dentro da organização, além de uma perspectiva do mercado em que atua, a fim de realizar uma implementação assertiva da Governança Corporativa.

 

A partir dessa identificação, define-se o planejamento estratégico, que inclui os principais objetivos empresariais a médio e longo prazo. Nesse momento, o comprometimento e a ética dos sócios são essenciais para o crescimento da empresa, desenvolvimento no mercado e profissionalização da mesma — considerando que são eles os responsáveis pela execução do que foi planejado e desenvolvido.

Com um processo de Governança Corporativa já estabelecido, os resultados serão percebidos tão logo sua implementação for realizada. Entre os diversos benefícios estão a segurança financeira da empresa, a comunicação entre os sócios, a motivação e o engajamento entre todos com interesse em um bem comum.

Para alcançar resultados positivos é indispensável considerar o trabalho de uma empresa de consultoria especializada, em boas práticas de Governança Corporativa, desde o início da implantação do processo. A consultoria auxilia os sócios para que estes desenvolvam as atividades conforme foram desenhadas.

Eduardo Valério é graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Paraná (UFPR), especialista em Estratégia e Marketing pela Kellogg School of Management, especialista em Governança Corporativa para Empresas Familiares pela The Wharton School, Pennsylvania e especialista em Gestão pelo Insead. Eduardo é diretor-presidente da GoNext Governança & Sucessão, especializada em gestão de negócios e implantação da governança corporativa em empresas familiares.

A TRANSFORMAÇÃO DIGITAL NAS EMPRESAS COMO ESTRATÉGIA DE MERCADO

transformação digital

Investir em tecnologia é essencial para automatizar processos e melhorar a eficiência

A transformação digital do século XXI influencia diretamente o modus operandi das empresas, desde o planejamento, passando pela execução das tarefas, até a análise de resultados. Dessa maneira, é fundamental para os gestores compreender o cenário atual, visando aplicar as tecnologias em seus negócios.

Para apresentar todas essas mudanças de mercado, a GoNext realizou, em abril, o fórum CEOs com Silvio Mendonça, expert em tecnologia e diretor-presidente da ASM Consultoria. No fórum foram abordadas as tecnologias em alta nesse momento e um panorama do mercado digital.

Segundo Mendonça, um dos maiores desafios das empresas é trazer a transformação digital para o dia a dia do ambiente corporativo, considerando que a transformação digital não é só uma questão de uso de ferramentas de tecnologia, mas principalmente de gestão. “A transformação digital é ampliar o modelo de negócio. Os processos precisam ser automatizados, visando escalar a empresa”, diz.

A transformação digital modifica não só os modelos de negócios, mas também a relação das empresas com as pessoas. Isso é resultado da integração de utilização de realidade aumentada, machine learning, IoT (Internet of Things), inteligência artificial, entre outras tecnologias.

“Deve-se usar tecnologia para melhorar o processo produtivo, de prestação de serviço, manufatura e transporte, por isso olhar o processo como um todo é essencial para perceber a possibilidade de inserir processos de automatização, melhorando a eficiência dos serviços e qualidade dos produtos”, indica. Portanto, recomenda-se reavaliar os modelos de negócio ou práticas exercidas em uma empresa, levando em consideração a disponibilidade e acesso à tecnologia digital. Isto requer coordenação em toda a organização.

O CEO da Seta Engenharia, Rodolfo de Sousa Pinto diz que o programa permite escutar outras experiências e relacionar com o que é feito dentro das empresas. “Esse é um ambiente em que podemos pensar a empresa de forma a ter insights e boas ideias para trazer para o nosso dia a dia. O encontro de hoje, sobre transformação digital, valeu muito a pena, pois é um assunto muito importante e urgente. É uma tendência que não tem volta. Então, ouvir especialistas e trazer experiências para o encontro é muito interessante”, diz.  

O debate entre o palestrante e os CEOs participantes foi rico e todos colaboraram com informações sobre o cenário de suas empresas e opiniões a respeito da transformação digital pela qual o mercado passa e a influência desses processos em seus negócios.

SOBRE A GONEXT

A GoNext Governança & Sucessão é uma empresa especialista em Governança Corporativa da empresa familiar. Para atingir os resultados desejados dentro das empresas, conta com o apoio de uma equipe de consultores e metodologia exclusiva para empresas familiares, aprimorada em mais de 100 projetos e conselhos no Brasil e EUA.

SERVIÇO

GoNext Governança & Sucessão

Praça São Paulo da Cruz, 50 – Cj 1505 – 80030-480 – Juvevê, Curitiba

(41) 3204-4751

www.gonext.com.br

Instagram @oficialgonext

Facebook /gonextus

LinkedIn /gonextfamilybusiness

 

FUSÕES E AQUISIÇÕES NO MERCADO BRASILEIRO, OPORTUNIDADES PARA MÉDIAS EMPRESAS

Managing Director da Broadspan Capital participa do GoNext Presidentes de Conselhos para apresentar panorama macroeconômico atual do Brasil e o impacto dos indicadores nas empresas

Quais são as oportunidades para médias empresas, vantagens e desafios da abertura de capital. Esse foi o tema do debate do encontro GoNext Presidentes de Conselho, com o convidado Leonardo Antunes, managing director da Broadspan Capital | Investment Banking and Restructuring Advisory.

O palestrante apresentou o panorama macroeconômico atual no Brasil com indicadores do ambiente interno e externo, favoráveis ao desenvolvimento econômico. Assim como, questões relacionadas ao processo de entendimento e análise da situação das companhias nos processos de Fusão e Aquisição. Foram destacadas as metodologias atuais de avaliação para estimar o valor da companhia e o detalhamento de processos de Mergers and Aquisitions (M&A), bem como, o processo de integração pós-aquisição e alternativas estratégicas para empresas do Middle Market.

Segundo Leonardo Antunes, o timing é fundamental. Em um mercado dinâmico e de mudanças rápidas é essencial para diretores e acionistas ter o timing em mente para iniciar as movimentações estratégicas nos momentos mais oportunos. “As pessoas que estão em um nível mais alto da empresa precisam aprender o processo de aquisição e fusão para ajudar no crescimento de suas empresas. O objetivo principal foi explicar o momento atual do país e as oportunidades para realizar aquisições e fusões, como fazer, quando fazer e quando não fazer também”, diz o palestrante.

A oportunidade de debater sobre o encontro proporcionou amplo compartilhamento de ideias e opiniões sobre o mercado de Fusões e Aquisições. Os Presidentes de Conselho participaram ativamente do momento e houve uma troca rica de experiências entre os presentes.

Presidentes de Conselho

A GoNext reúne Presidentes de Conselho das mais diversas empresas, promovendo o relacionamento e desenvolvimento de suas atividades. O objetivo é compartilhar dinâmicas, dividir dúvidas e soluções comuns exclusivas a quem ocupa essa posição.

Os formatos dos encontros procuram abranger toda a dinâmica das questões dos participantes, que são presidentes e vice-presidentes de Conselhos nos seus mais variados formatos (Conselhos de Administração, Conselho de Sócios, Conselho de Família, Assembleia de Acionistas). Temas que abordam a dinâmica da Governança no Conselho, a Performance do Conselho, Estratégia e Inovação, Plano de Desenvolvimento e suas especificidades.

SOBRE A GONEXT

A GoNext Governança & Sucessão é uma empresa especialista em Governança Corporativa da empresa familiar. Para atingir os resultados desejados dentro das empresas, conta com o apoio de uma equipe de consultores e metodologia exclusiva para empresas familiares, aprimorada em mais de 100 projetos e conselhos no Brasil e EUA.

SERVIÇO

GoNext Governança & Sucessão

Praça São Paulo da Cruz, 50 – Cj 1505 – Juvevê, Curitiba

(41) 3204-4751

www.gonext.com.br

Instagram @oficialgonext

Facebook /gonextus

LinkedIn /gonextfamilybusiness

A IMPORTÂNCIA DA RELAÇÃO ENTRE O CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E O CEO

encontro ceos

Encontro CEOs da GoNext recebe o conselheiro Elinton Battistella, da BBM Logística S.A. e Wolney Betiol,  co-fundador da Bematech

O Encontro CEOs, realizado pela GoNext em março, teve como tema “O que o Conselho de Administração espera do CEO”. Estiveram presentes, Elinton João Battistella, fundador e conselheiro na BBM Logística S.A e Wolney Betiol, co-fundador da Bematech, conselheiro da Totvs e presidente da Synapse Ventures, que compartilharam suas vivências e expertise nas suas respectivas posições, destacando a  relação do CEO com o Conselho na fase de transição.

De acordo com Battistella, a responsabilidade do CEO é muito grande. “Por ser o líder, apresentar resultados é essencial. O CEO precisa caminhar com o Conselho para executar as estratégias traçadas”, relata. Além disso, ele aponta a importância de focar em melhores resultados, criando soluções exclusivas para o aperfeiçoamento contínuo das operações de seus clientes. Para Wolney Betiol, o papel do CEO é, primordialmente, entregar resultados,  alinhando os princípios e visão da empresa a fim de cumprir o planejamento estratégico.

Após as apresentações o encontro proporcionou um rico debate sobre as expectativas em relação à atuação dos CEOs em diversos segmentos de empresas. De forma intimista e confidencial, os participantes dividiram desafios, trocaram ideias e experiências, além de receber feedbacks de forma imparcial dos demais CEOs que integram o grupo. Foram compartilhadas questões dos CEOs participantes, que puderam contar com os insights dos convidados presentes.

ENCONTRO CEOs

O Encontro CEOs realizado pela GoNext conta com a presença de empresários de diferentes ramos de atuação de empresas com grande representatividade em seus setores. Os temas dos encontros estão sempre relacionados ao cotidiano dos participantes, e os palestrantes possuem alto nível de experiência e know-how de mercado. Assim, contribuem para um melhor entendimento das atividades e responsabilidades dos empresários participantes dentro das companhias que atuam.

Foi desenvolvido com o objetivo de oferecer um espaço único para que os CEOs das empresas familiares, que não são integrantes da família proprietária, possam compartilhar questões comuns às suas posições no comando das empresas.

O Programa  prevê encontros mensais de CEOs com abordagem de temas pertinentes e interessantes ao cotidiano dos participantes.

SOBRE A GONEXT

A GoNext Governança & Sucessão é uma empresa especialista em Governança Corporativa da empresa familiar. Para atingir os resultados desejados dentro das empresas, conta com o apoio de uma equipe de consultores e metodologia exclusiva para empresas familiares, aprimorada em mais de 100 projetos e conselhos no Brasil e EUA.

SERVIÇO

GoNext Governança & Sucessão

Praça São Paulo da Cruz, 50 – Cj 1505 – Juvevê, Curitiba

(41) 3204-4751

www.gonext.com.br

Instagram @oficialgonext

Facebook /gonextus

LinkedIn /gonextfamilybusiness

GONEXT FOI CONVIDADA PELO BRDE PARA REALIZAR EVENTO SOBRE GOVERNANÇA E SUCESSÃO

BRDE

Fundador e presidente da GoNext, Eduardo Valério apresentou desafios e benefícios do processo de governança corporativa no BRDE, em Curitiba

A GoNext Governança & Sucessão, a convite do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE),  apresentou o processo de governança corporativa familiar, realizado pela empresa, para gestores do BRDE, em sua maioria, da área de análise de projetos — que identificam possíveis riscos que as companhias podem passar e, com isso, podem orientar seus clientes às melhores práticas.

Na apresentação, o fundador e presidente da GoNext, Eduardo Valério, um dos principais desafios da sucessão é a transição de geração, por isso é de extrema importância estabelecer um processo de governança e sucessão na empresa. “O desenvolvimento de metodologia de governança corporativa e familiar, realizado pela GoNext, ajuda a fazer adequações empresariais sem mudar o contrato social — documento em que constam as responsabilidades da gestão”, afirma.

O superintendente do BRDE no Paraná, Paulo Cesar Junior relatou a parceria com a GoNext: “A sinergia entre GoNext e BRDE existe há mais de dez anos. Sendo assim, senti necessidade de apresentar aos funcionários do BRDE o tema de governança e sucessão, para que eles possam levar ao cliente do BRDE as diferentes perspectivas a respeito do tema”, relata.

Segundo Valério, o evento é de suma importância, pois a iniciativa do banco — em mostrar aos seus analistas e gestores de crédito as particularidades de um processo de governança — é de fundamental importância para o desenvolvimento e maturidade das empresas familiares.

Sobre a GoNext

A GoNext Governança & Sucessão é uma empresa especialista em Governança Corporativa da empresa familiar. Foi fundada em 2010 como a extensão internacional da empresa JValério. Para atingir os resultados desejados dentro das empresas, conta com o apoio de uma equipe de consultores especialistas e metodologia exclusiva para empresas familiares, aprimorada em mais de 100 projetos e conselhos no Brasil e EUA.

Serviço

GoNext Governança & Sucessão

Praça São Paulo da Cruz, 50 – Cj 1505 – Juvevê, Curitiba

(41) 3204-4751

www.gonext.com.br

Instagram @oficialgonext

Facebook /gonextus

LinkedIn /gonextfamilybusiness

CEO E ACIONISTA DE EMPRESA FAMILIAR NO MESMO CARGO: VANTAGENS E ARMADILHAS

empresa familiar

Seguir e transmitir a cultura da empresa influencia diretamente nos resultados positivos da companhia

No primeiro encontro de 2019 do Programa CEOs, realizado em fevereiro,  Francisco Hirota, acionista, CEO e Presidente do Conselho do Grupo Hirota, apresentou os desafios de ser CEO e acionista na mesma empresa familiar, ele aponta a importância de seguir a cultura da empresa para a manter a estabilidade e longevidade do Grupo. “Cada empresa tem seu DNA e a cultura é um sistema que lastreia todo o modo de pensar e agir das pessoas. Uma vez que a pessoa se adapta à cultura da empresa o nível de turnover diminui significativamente, pois ela assimila a cultura ao valor da companhia e isso influencia diretamente em seu relacionamento no ambiente”, diz. Segundo ele, a troca de experiência nos encontros da GoNext é muito oportuna.

Um dos membros do Programa GoNext CEOs, Sérgio Bica, CEO do Grupo TB, que atua no segmento de revestimentos cerâmicos, destaca que esse é um momento excelente para troca de informações e reflexão sobre Governança e Sucessão. “A cada participação você se surpreende positivamente com os temas, situações e insights que somam no processo do dia a dia. É um aprendizado contínuo”, revela. “Dentro do conjunto de informações, o palestrante escolhido é sempre uma excelente surpresa”, completa.

Em virtude do cenário econômico o Encontro GoNext CEOs teve a participação do economista do BRDE, Nicolas Suhadolnik, que falou sobre a Conjuntura Econômica e Perspectivas para o Desenvolvimento de 2019. De acordo com o especialista, o crescimento da economia será gradual. “No último ano a economia mostrou sinal de que está melhorando. Portanto, a expectativa é de que no último trimestre do ano esteja ainda melhor”, afirma. Além disso, ele apresentou pesquisas e indicadores com as principais tendências e projeções para o crescimento.

Esse modelo de troca de experiências, adotado pela GoNext, é inédito no Brasil e foi desenvolvido com base em mais de 100 projetos que a empresa desenvolveu com empresas familiares, em que realizou o processo de governança corporativa no Brasil e nos Estados Unidos da América. Os encontros são realizados para que haja um momento de aprendizado e compartilhamento de ideias de todos os participantes, criando um ambiente de trocas ricas relacionadas às suas posições nas empresas.

A GoNext prevê encontros mensais até o final do ano, sempre com abordagem de temas pertinentes e interessantes ao cotidiano dos participantes. As temáticas são apresentadas por empresários de diversos ramos de atuação e palestrantes especialistas e experientes no assunto.

GONEXT PROMOVE PRIMEIRO ENCONTRO ENTRE PRESIDENTES DE CONSELHOS DO ANO

conselhos

Em fórum foram apresentadas perspectivas para o cenário macro e mercados atuais

O 1º Encontro de Presidentes de Conselhos de 2019, realizado pela GoNext Governança & Sucessão, em fevereiro, recebeu a estrategista do mercado de ações do J.P.Morgan, Emy Shayo Cherman. A economista falou sobre as Perspectivas para o Cenário Macro e Mercados  no Brasil e no Mundo, apontou indicadores e disse que há otimismo para o crescimento em 2019. “Não vamos chegar em um patamar muito alto, mas já é uma grande melhora em relação ao ano passado”, revela.

O objetivo do Fórum Presidentes de Conselhos é promover relacionamento, compartilhar as dinâmicas e dividir dúvidas e soluções comuns exclusivas de quem ocupa essa posição. Segundo Eduardo Valério, fundador e presidente da GoNext, um dos grandes diferenciais do Presidentes de Conselhos é ser um fórum com número reduzido de participantes. “Dessa maneira há interação entre todos e os participantes criam intimidade para compartilhar experiências vivenciadas no momento em suas empresas. Essa interação melhora com a frequência dos encontros”, diz. “Essa é uma característica inovadora da GoNext”, completa Valério.

Um dos participantes dos fóruns de Presidentes de Conselho, Gilberto Zancopé, presidente da AGRES e da WAP, e conselheiro de administração em outras empresas, afirma que os encontros promovidos pela GoNext são bastante ricos de conhecimento. “Participar deste grupo é muito proveitoso para mim, porque consigo discutir entre pares, e de coração aberto, sobre coisas que, às vezes, não conseguimos dentro da empresa. Aqui somos ouvidos e temos apoio dos demais”, diz.

Ao final do evento, os presidentes realizaram um debate em que compartilharam suas percepções sobre o cenário e seus impactos em cada um dos segmentos nos quais suas empresas atuam.

Emy destacou a importância do fórum: “Aqui nós tivemos a oportunidade de conhecer pessoas que têm empresas importantes de diversos segmentos, que podem oferecer a nós uma perspectiva totalmente diferente da que nós temos apenas olhando dados e convivido nos ambientes e perspectivas do mercado financeiro. Aprendi muito e foi muito bom estar aqui”, finaliza.

Sobre a GoNext

A GoNext Governança & Sucessão é uma empresa especialista em Governança Corporativa da empresa familiar. Foi fundada em 2010 como a extensão internacional da empresa JValério. Para atingir os resultados desejados dentro das empresas, conta com o apoio de uma equipe de consultores especialistas e metodologia exclusiva para empresas familiares, aprimorada em mais de 100 projetos e conselhos no Brasil e EUA.

Serviço:

GoNext

Endereço: Praça São Paulo da Cruz, 50 – Cj 1505 – Juvevê, Curitiba

De segunda a sexta-feira das 8h30 às 18h

www.gonext.com.br

Facebook: gonextus

 

Em Portugal, ações de empresas familiares dão o melhor retorno

(Bloomberg) – Henrique Almeida — Com a colaboração de Sofia Horta e Costa e Paul Jarvis – UOL Economia

Quando se trata de apostar na frágil recuperação de Portugal, os laços familiares são fundamentais.

Uma olhada no índice de referência PSI 20, que está tendo seu melhor ano em relação ao Stoxx Europe 600 desde 2007, revela que seis das sete companhias com melhor desempenho são parcialmente controladas por um fundador ou por herdeiros. A principal ganhadora, a Mota-Engil, cujo presidente António Mota é filho do fundador da construtora, de 71 anos, mais do que dobrou em valor desde o encerramento de dezembro.

“À medida que o risco de investir em Portugal foi diminuindo, as companhias familiares pequenas se tornaram ímãs para investidores”, disse Paulo Monteiro, gerente do fundo Invest Iberia, que administra cerca de 35 milhões de euros (US$ 41 milhões) em ações e títulos em Portugal e na Espanha. “As empresas familiares oferecem uma vantagem: geralmente elas têm uma orientação de negócios de longo prazo.”

Um aumento do turismo e das exportações e uma reativação do setor da construção estão impulsionando a recuperação econômica de Portugal e fortalecendo as ações de empresas como a produtora de celulose Altri, cujo presidente e fundador Paulo Fernandes detém uma participação de 12 por cento. Também receberam impulso The Navigator Company e sua empresa controladora, Semapa-Sociedade de Investimento Gestão, que pertence majoritariamente à família Queiroz Pereira.

Mudança de dono

As três ações subiram mais de 30 por cento desde o início do ano. A Corticeira Amorim, que pertence majoritariamente à família Amorim, e a varejista Sonae, controlada pela família Azevedo, também superaram o desempenho do índice de 18 membros, que subiu 16 por cento.

Um valor médio de 92,5 milhões de euros em ações mudou de dono diariamente no PSI 20 neste ano, cerca de 9 por cento a mais do que a média diária em 2016, de acordo com dados compilados pela Bloomberg.

O Banco de Portugal elevou no dia 15 de dezembro sua projeção para o crescimento econômico do país em 2017 para 2,6 por cento, a taxa mais acelerada em 17 anos. As agências de classificação também estão adotando uma visão cada vez mais positiva. Em 15 de dezembro, a Fitch Ratings seguiu o exemplo da S&P Global Ratings ao retirar de Portugal o status de grau especulativo pela primeira vez desde 2011.

Embora o Moody’s Investors Service tenha mantido a classificação de dívida junk para a nação ibérica desde que o país solicitou um resgate de 78 bilhões de euros em 2011, agora passou a ter uma perspectiva positiva para o país. Portugal finalizou seu programa de resgate em 2014.

As empresas familiares representam 50 por cento do PIB de Portugal, cerca de 60 por cento dos empregos e entre 70 por cento e 80 por cento de todas as empresas, de acordo com o site da Associação Portuguesa das Empresas Familiares. Cerca de metade das empresas do PSI 20 tem um fundador ou uma família como acionista principal, de acordo com dados compilados pela Bloomberg.

“À medida que os investidores olham mais atentamente para Portugal, eles estão encontrando algumas oportunidades de investimento em pequenas e médias empresas no índice PSI 20”, disse João Queiroz, trader da GoBulling, unidade do Banco Carregosa em Lisboa. “Muitas dessas empresas são familiares, o que mostra que há um compromisso dos fundadores da empresa no negócio e é um bom ponto de venda para os investidores.”

Empresa Familiar – Governança e seus Desafios

Livro traz conceitos e exemplos práticos de governança corporativa, aplicados ao dia a dia das empresas familiares

O diretor-presidente da GoNext Family Business, Eduardo Valério, reuniu toda a experiência adquirida nos mais de 100 projetos de governança corporativa que conduziu à frente da empresa no livro “Empresa Familiar – Governança e seus Desafios”. A obra, elaborada para expor os conceitos, aplicabilidade e benefícios da governança corporativa para empresas familiares, é um verdadeiro manual para os empresários que desejam saber mais sobre o tema.

“De forma bastante didática, o livro traz uma série de abordagens permitidas pela governança e de que forma elas podem fazer a diferença, seja na estruturação de um processo sucessório ou mesmo na profissionalização da empresa familiar. Procurei trazer vários exemplos de situações que vivenciei na carreira, tornando esta experiência a mais próxima possível do dia a dia do leitor”, comenta Valério.

O livro encontra-se à venda na Amazon  e nas Livrarias Curitiba.