fbpx

Posts on Sep 2020

Varejo on-line e tendências do setor são tema do GoNext Presidentes de Conselhos

Varejo on-line e tendências do setor são tema do GoNext Presidentes de Conselhos

Roberto Brutragueño Revenga, diretor de atendimento ao Varejo e e-commerce da Nielsen Brasil, compartilhou dados importantes do mercado on-line mundial no GoNext Presidentes de Conselhos, na última quinta-feira, 24/09.

Para oferecer um panorama da atuação mundial da Nielsen, Roberto iniciou a palestra fazendo uma breve apresentação sobre a empresa: a Nielsen é uma empresa de mensuração e auditoria de dados, com mais de 95 anos de história, presente em mais de 100 países e com 40 mil associados em todo o mundo. No Brasil, a empresa completou em 2020, 50 anos de operação, com mais de 1.900 associados no país.

“Algumas das principais marcas mundiais utilizam os dados obtidos pela Nielsen para gerenciar seus negócios e tomar decisões mais assertivas, por exemplo, Facebook, Carrefour, Pepsico, Walmart, Coca-Cola, entre outras, fazem parte do nosso portfólio”, enfatizou.  

Tendências globais do e-commerce

Revenga seguiu mostrando dados relevantes e salientou a importância da popularização dos smartphones no incrível aumento das transações de compra e venda on-line nos últimos anos. “Os smartphones transformaram os consumidores em smart shoppers, que consequentemente evoluíram para smart brands, e hoje, possuem acesso às suas marcas preferidas. A facilidade em se manter conectado com o uso de celulares é o principal fator para o crescimento do varejo on-line”.

De acordo com informações compartilhadas por Brutagueño, o e-commerce já representa de 4% a 5% das vendas dos Fast Moving Consumer Goods, ou ainda, os bens de consumo de movimento rápido, que abrangem basicamente os itens do dia a dia, como compras realizadas em supermercados, por exemplo.

Já para o futuro do varejo digital, Roberto dividiu com os membros do GoNext Presidentes de Conselhos um dado bastante interessante. Segundo ele, em 2025 o e-commerce representará 20% do total das vendas anuais, e isso não quer dizer que o varejo físico está “morrendo”, mas que a separação entre o on-line e o off-line vem desaparecendo rapidamente.

“Os serviços de compra pela internet e retirada nas lojas físicas, e também o drive-thru, têm evidenciado cada vez mais essa integração entre o físico e o digital. Nos EUA, cerca de 4% das compras on-line já seguem o formato clique e retire“, salienta.

Ainda sobre números do mercado americano, Roberto evidenciou que as compras por assinatura também estão trazendo ótimos negócios. “Os produtos de barbear têm uma ótima aceitação neste formato de venda, basta que o assinante pague um valor fixo mensal para receber, a cada 30 dias, novos produtos na porta de sua casa, sem a necessidade de fazer um novo pedido”.

Os números do e-commerce na China

Sobre o mercado chinês, Roberto falou sobre a dominância de grandes marketplaces como Alibaba e jd.com, onde a maior parte das vendas é C2C, ou seja, transações comerciais realizadas exclusivamente de maneira on-line, entre duas pessoas físicas. “Na China os pagamentos com o celular atingiram a incrível marca de 80% de penetração entre os consumidores e esse número ainda aumentará”.

2020 e o e-commerce no Brasil

Para finalizar sua participação no fórum, Revenga compartilhou o cenário atual brasileiro em relação ao varejo on-line, e mostrou como a crise causada pelo novo coronavírus impactou esses números. “O Brasil teve um recorde de faturamento em 20 anos de e-commerce, o faturamento dos seis primeiros meses de 2020 foi 9% maior que o do segundo semestre de 2019”. 

Outro dado apresentado é o aumento considerável do ticket médio do consumidor brasileiro, evidenciando a segurança de investir em produtos de maior valor nas compras on-line. “As datas comemorativas do primeiro semestre tiveram uma expressiva contribuição para este aumento, com destaque para Páscoa, Dia das Mães e Dia dos namorados”, disse.

Roberto Brutragueño encerrou sua participação destacando a qualidade do trabalho realizado por grandes marketplaces brasileiros como Magazine Luiza e americanas.com que, mesmo com todos os desafios do mercado brasileiro, principalmente em se tratando de logística, estão contribuindo incrivelmente para o crescimento exponencial do e-commerce no Brasil.

O GoNext Presidentes de Conselhos reúne um seleto grupo para compartilhar e debater os desafios inerentes às suas funções. Deseja fazer parte, ampliar sua rede de contatos e consumir conteúdo de alta qualidade? Acesse https://gonext.com.br/forum/ e saiba como.

GoNext CEO debate como fazer diferente pode ser bom

GoNext CEOs debate como fazer diferente pode ser bom

O tema do GoNext CEOs de setembro mostrou como essa estratégia vem fazendo a diferença em uma das maiores multinacionais do mundo: a New Holland Agriculture

Quando Gustavo Taniguchi, Head of Commercial Marketing LATAM na New Holland Agriculture, assumiu a sua função na empresa, encontrou um grande desafio, principalmente por estar entrando nesse novo segmento de interesses junto ao principal público-alvo: os agricultores.

O que no início foi tratado como um desafio, logo se mostrou uma grande vantagem, pois o Gustavo conseguiu analisar todos processos e ações do seu departamento e implementar diversas melhorias e inovações.

Aos poucos a cultura do “sempre foi assim” foi alterada para atitudes que refletem em novas e inovadoras soluções, afirma Taniguchi.

Isso se deve, segundo Gustavo, ao processo de encantamento do cliente, que atualmente não compara somente o que é oferecido pelos concorrentes do mesmo segmento, mas também a experiência de compra e atendimento do cliente.

Isso se deve, ao processo de encantamento do cliente, que atualmente não compara somente ao que é oferecido pelos concorrentes do mesmo segmento, mas também sobre a experiência de compra e atendimento do cliente em geral, destaca.

“A maior parte dos consumidores Apple não são atraídos somente pela qualidade de seus produtos, mas pela experiência de compra e a ampla gama de serviços oferecida aos clientes”, friza.

“É preciso perseguir a experiência do cliente oferecendo sempre a melhor qualidade possível”.

O objetivo é oferecer soluções inovadoras em todos os processos da New Holland para que o consumidor final perceba a forte cultura de inovação da empresa. “Temos vontade de sempre oferecer o melhor, e buscamos incansavelmente fazer o diferente”, enfatiza.

A partir desta premissa Gustavo destacou importantes projetos que teve a oportunidade de implementar, como uma completa reformulação no estande da New Holland no principal evento agrícola do país, ações com influenciadores digitais que geram conteúdos relacionados a vida no campo, um happy hour on-line com diretores da empresa e embaixadores da marca para troca de conhecimento, entre outras ações. Ele também implantou o projeto “É tempo de mulher“, que traz mulheres com forte atuação na agricultura para protagonizar ações.

Além disso, em época de pandemia, o Head of Commercial Marketing LATAM na New Holland Agriculture dividiu com os CEOs estratégias adotadas para os próximos lançamentos da marca. “Algumas ações propostas contém um pouco de loucura e só é possível implementá-las porque a inovação e a tecnologia estão presentes na cultura da New Holland, com um time que trabalha para fazer a diferença e encantar os clientes, incluindo os diretores que compreendem esta necessidade“, finaliza.

Ao fim do evento, os participantes tiveram a oportunidade de tirar suas dúvidas sobre o conteúdo apresentado, além de saberem um pouco mais sobre como é o dia a dia em uma empresa como a New Holland.

Tem interesse em fazer parte de um grupo formado exclusivamente por CEOs e ter acesso a encontros dinâmicos que fortalecem a troca de experiências para a busca das melhores soluções adequadas aos diversos segmentos de atuação? Acesse: https://gonext.com.br/forum/ entre contato conosco e saiba mais!